Os “bezerros” que construimos e a santidade que destruimos


COMCRISTO20070701144110

MAS vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte, acercou-se de Arão, e disse-lhe: Levanta-te, faze-nos deuses, que vão adiante de nós; porque quanto a este Moisés, o homem que nos tirou da terra do Egito, não sabemos o que lhe sucedeu. (Ex 32:1)

Sabe meus amados, vendo o noticiário de hoje 08.02.2005 ouço o seguinte no telejornal: Escola ….é campeã de SP com o enredo: “Se Deus é por nós quem será contra nós”.

Todos nós cristãos sabemos que isso se refere a uma passagem bíblica (Romanos 8:31).

Mas também sabemos que não é por citar versículos bíblicos que isso seja a vontade de Deus , que o Senhor se agrada do carnaval ou que a escola ganhasse para “divulgar o evangelho”. Arão apregoou Festa ao SENHOR, mas ele não sabia o que estava falando.

Muitos dentro da igreja do Senhor acham que “podem todas as coisas”. Que é só colocar um pretexto, para que esqueçamos do “contexto”.

Muitos dentre não-crentes e “acreditem” crentes acham que o Senhor aprova e se agrada de tudo isso…. de uma obra da carne ou de uma festa da carne…,se dizendo que são de Deus, mas que O negam em suas atitudes. Mas por que possui uma “frase bíblica”, isso é a vontade de Deus.

Parece aquela caixinha de promessa….bíblica…que virou “jogo” para alguns.

Mas essa ignorãncia espiritual numa época como essa de “festa” e “alegria” da carne vem me lembrar dessa passagem de Êxodo 32, no que se refere também a uma festa de alegria de um povo que “achava estar agradando a Deus”, falando coisas que Ele já mencionou, mas que não conheciam a Sua vontade. Em Exodo 32:5 Arão apreegoou como festa do Senhor, mas o Senhor Onisciente sabia que era um povo de dura cerviz e inclinado ao mal.

Ora, todo o povo de Israel sabia que Moisés subiu o monte para buscar a direção de Deus, para conduzir o povo e através da Sua Palavra encaminha-los. Mas com o passar do tempo e a falta de uma liderança, o dardo dá dúvida foi atirado e conjuntamente com o desejo da carne de um povo a pecar, acabou fazendo que o Senhor irar-se. E irar-se de tal maneira que se não fosse por um servo fiel, Moisés, estava fadado os dias do Povo de Israel.

Nessa passagem das Escrituras mostra que o povo não passava de meros religiosos e ovelhas que naquele instante não possuíam pastor. E não possuiam o principal pastor que é o Senhor. E isso infelizmente mostra muito do que acontece ainda hoje com o povo de Deus e a Igreja . São movidos por servos pastores e quando na ausência destes, acabam se dispersando.

Sabe porque ? Porque o religioso se preocupa com o que pensa o Pastor, o Presbítero, o Profeta,enfim, o homem de Deus responsável pela obra, mas não o que o SENHOR PENSA.

Eles realmente não possuiam a comunhão com o principal Pastor de suas vidas por isso não sabem a Sua vontade.

Pois a medida que Moisés subiu para se consagrar e buscar orientação,o rebanho se dispersou. Muitas vezes na igreja é assim, o pastor por perto “santos”, longe …. não preciso dizer com quem se parecem…

Quando Moisés deixa a responsabilidade para Arão cuidar do rebanho, e aí acontece o que existem também muito na igreja, acontece o “caos” de uma pessoa não preparada para conduzir o rebanho, que conhece o servo “ungido”, mas não “O que unge” . E uma pessoa sem uma sintonia com o Espírito de Deus acaba sendo “presa fácil” para Satanás.
Já dizia Salomão : “Onde não há profecia, o povo se corrompe; mas o que guarda a lei esse é bem-aventurado. O servo não se emendará com palavras; porque, ainda que entenda, não atenderá.Vês um homem precipitado nas suas palavras? Maior esperança há para o tolo do que para ele” (Pv 29:18-20)

No caso de Arão faltou-lhe a comunhão com o Senhor, faltou-lhe o líder que não era e faltou-lhe a profecia. Foi precipitado nas sua palavras e acabou corrompendo o povo. Quantos muitos não fazem isso hoje ?

Nessa situação se aproveitam o que é mercenário e quando as ovelhas estão dispersas é fácil a entrada do lobo….no meio da congregação. (Jo 10:12). Cuidado igreja com os mercenários…pois é nessas horas que eles aproveitam para entrar.

Mas o bom pastor dá a vida pela suas ovelhas.

Assim como Moisés subiu ao monte para fazer a Vontade de Deus e trazer as leis para que o povo não se desviasse, assim foi nosso Jesus quando subiu ao monte Calvário (monte da caveira), para fazer a vontade do Pai, trazendo através da ressurreição dos mortos uma lei mais eficaz.
Uma lei do Espírito de Vida (Romanos 8:2) que nos livra da lei do pecado e da morte
Jesus olha a situação do seu povo com misericórdia, tendo feito a mesma expiação que Moisés fez pelo povo.

Jesus continua dizendo :

Pai perdoa-lhes pois eles não sabem o que fazem: (Lc 23:34).

Que as pessoas possam entender que muitaz vezes criamos bezerros de ouro achando que Deus se agrada de tudo que fizemos. Que se agrada de nossas ignorâncias espirituais,quando agimos na carne. É claro que a carne milita contra o espírito e vice-versa. É claro que o pecado quer habitar em nós(Rm 7:17-18). Que o povo é inclinado ao mal(Ex 32:22) etc..

Mas que a vontade de Deus é que sejamos Santos como ele é Santo. A vontade dele é que sejamos a sua imagem e semelhança. A vontade do
Senhor é que façamos escolhas certas.

O que devemos saber é de que lado queremos estar…dos que vivem na carne ou que querem viver no Espírito ?

Como aconteceu com Moisés que viu o povo despido e cheio de pecado, da mesma maneira o Senhor fará essa pergunta a você :

Quem é do Senhor , venha a mim ? (Ex 32:26)

Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.
Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.
Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser.
Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. (Rm 8:2-8)

Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.(Rm 8:9)

Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis (Rm 8:13)
Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.(Rm 8:14)
O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.(Rm 8:16)

A minha oração é que muitos que construíram bezerros de ouros nesta festa da carne, possa conhecer logo a Festa do Espírito. Mas não somente conhecer, mas que o Espirito Santo de Deus possa fazer morada. Que possam conhecer o criador desta festa Santa, chamado Jesus Cristo.
Que possam destruir e colocar a pó todos seus postes-ídolos, do ego e da ignorância espiritual.

Saber que aquele que subiu, vai descer, não para perguntar: Quem é do Senhor vem a mim, mas para “buscar” aqueles que realmente são DELE.

Ainda há tempo… Não perca , não espere Ele descer. Decida ainda hoje !!!

Anderson Cassio de Oliveira – 08.02.2005

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s