Fortalecendo a musculatura espiritual(parte final)


Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo(Gl 6:2)

Quando falamos que devemos levar as cargas, isso significa suportar a fraqueza, não tolerar o pecado. Suporte é o auxilio para quem não tem apoio em si ante o pecado, não uma forma de tolerância a qualquer tipo de pecado alheio. Esse auxilio é nada mais do que uma “escora espiritual” para que o fraco na fé não venha a desistir da caminhada.

É comum ver em academias de musculação um exercício chamado supino onde uma pessoa se deita para pegar um peso extra. É um exercício que visa trabalhar a hipertrofia que é fortalecer os musculos peitorais do atleta para poder suportar peso excedente, ou seja, além do que a pessoa está acostumada a pegar.

Porém, neste exercício é excencial que tenha uma pessoa atrás para auxiliar, caso essa não venha a conseguir levantar o peso.
Lembro dos meus tempos de adolescência que também fiz este tipo de exercício. Eu também achava que podia levantar e carregar tamanho peso excedente. O que acontecia comigo é que antes de terminar a série eu necessitava da ajuda do suporte, que era o instrutor para que eu não viesse a me enforcar com o peso. Diante de grande peso e de exercícios tão pesados era necessário que fosse musculoso, porém eu não passava de um rapaz franzino e metido, como qualquer adolescente.

Sabe, muitos crentes “se acham” “fortes”, como eu, na minha adolescência, porém não passam de meros frenzinos metidos. Muitos acham que podem suportar e resistir a tudo, diante de obstáculos tão pesados que essa vida nos coloca. Muitos acham que são espirituais o suficiente para resistir firme as tentações e provações desta vida. É necessário entender que só suporta aquele que é forte. É necessário que venhamos deixar de lado nossa autosuficiência e buscar ajuda, quando estamos com o peso sobre nossos ombros e quase nos enforcando. Mas muitas pessoas não são humildes o suficientes para reconhecer isso,que necessitam de ajuda. Existem muitos crentes que por não reconhecer sua “real situação” espiritual se fecham em si, se espiritualizando a tal ponto de ser acharem mais santos ou “supercrentes” ,mesmo estando mal em seu ser . Estes não pedem a ajuda dos outros, porque o mais importante é transparecer estar bem,sem medo de perder a posição espiritual do que reconhecer que está mal e ser consertado por Deus.

Existem pessoas que o Senhor nos coloca como suporte espiritual,mas muitas vezes o desprezamos, achando que não precisamos delas.
O que seria então de Timóteo se não existisse Paulo. O que seria de Eliseu se não existisse um Elias. E poderiamos citar outros tantos exemplos bíblicos de suportes espirituais. E são justamente esses instrutores espirituais que nos ajudam a não desistir. Paulo disse a Timóteo:

Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.
E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.
Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.( 2 Tm 2:1-3)

Resumindo este versículo podemos entender que Paulo era o mentor de Timóteo e trazia em suas cartas palavras de ânimo para encorajar seu discipulado,ensinando-o a ensinar os outros a viverem como ele estava vivendo, ou seja, nos mesmos sofrimentos de Cristo. Vemos aqui um ciclo de discipulado. Primeiro, Cristo a Paulo, depois Paulo a Timóteo e finalizando com Timóteo a Igreja do Senhor. Um fortificava a musculatura espiritual do outro. O Senhor sempre nos ajuda em todos momentos nos trazendo escape.

Como diz a palavra de Deus:

Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.(1 Cor 10:13).
Mas antes disso ele declara que aquele que aquele que pensa estar de pé, cuide que não caia (1 Cor 10:12).

Muitas vezes o escape é uma situação de livramento, mas também são pessoas que Ele encaminha para nossa vida nos momentos mais difíceis.

Meus irmãos, sou grato pelos instrutores e discipuladores que Deus colocou na minha vida, para me suportar em amor.
Não é fácil suportar uma pessoas mais fraca, pois o peso nesse caso parece ser maior. Mas quem tem Cristo, suporta, pois tem o amor de de Deus que tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta (1 Cor 13 : 4-7) .
Outra coisa, quem tem o Espírito Santo como instrutor, ajudador e auxiliador sonsegue suportar “os pesos” desta vida. Este é o maior suporte de um crente. Quem é cheio do Espirito Santo consegue suportar uma pessoa muitas vezes cheia de si, cheia de manias, cheia de iniquidades e contendas. Só quem é verdadeiramente espiritual consegue suportar a soberba, as difamações ímpias e as murmurações dos mais fracos.
No Reino de Deus o FORTE e ESPIRITUAL deve suportar o mais FRACO e DOENTE, seja ele, um ímpio ou mesmo um crente.

Cristo é o nosso maior referencial, pois sua missão era evangelizar aquele que era POBRE,proclamar libertação ao que estava PRESO, restaurar a visão do CEGO, e por em liberdade os OPRIMIDOS (Lc 4:18). Na cruz ele suportou a

Através disso podemos questionar:

Será que hoje temos seguido a Cristo e estamos sendo suporte para alguém ?
Será que temos fortalecido nossa musculatura espiritual com práticas santas ?

Ninguém suportou tantas coisas como Jesus Cristo, dando sua própria vida em favor de muitos (Jo 15:13).

Porque somente um amigo verdadeiro consegue suportar outro, principalmente num mundo como de hoje onde as pessoas procuram desenfreadamente agradar-se a si mesmas. Pois assim diz a palavra de Deus:

Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus. Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.(Hb 12:2-3)

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s