Atraídos pelo amor de Deus (parte 2)


E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.(Jo 14:3).

Há um lugar para quem é atraído por Deus. Jesus tem preparado um lugar para aquele que CRÊ em seu Nome e que vive para Ele.

O Senhor tem preparado lugar para aqueles que vivem com Cristo, ou seja, que andam em amor e que por isso são imitadores de Deus .
É por isso que Paulo diz aos Efésios:

“Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave” (Efésios 5.1,2).

Paulo também disse:

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.” (Gl 2:20)

“Assim que se alguém está em Cristo, nova criatura é, as coisas velhas já passaram eis que tudo se fez de novo”. (II Coríntios 5:17)

Como já foi dito, aquele que ama a Deus deve também levar a sua cruz e morrer para si. Não somente levar a cruz, mas para que sigamos suas pisadas. Como diz a Escritura Sagrada: ” Ele deixou-nos o exemplo para que sigamos suas pisadas…” – I Pedro 2:21

Através disso, alguma perguntas ficam no ar:

1) Será muitos que professam serem cristãos , “estão em Cristo” ?

2) Será que aqueles que tem confessado a Cristo tem renunciado sua vida?

3) Será que esses cristãos amam realmente a Cristo?

Paulo aos Corintios diz :

O amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram.
E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.(2 Cor 5:4-5)

Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus. Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.(Gl 2:19-20)

O interessante é que muitos que dizem amar Deus não guardam o principal mandamento que é amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo
como a si mesmo (Mt 22:37-39). Todas as coisas significa de todo seu ser, ou seja,de todo coração, de toda alma e entendimento.
Quando amamos realmente isso deve ser feito no coração, na alma e no entendimento. Nosso amor não deve se resumir a meras palavras ou canções de amor, mas de atitudes. O amor de fato requer um ato. E isso vemos plenamente explicado no livro de João capítulo 3, quando diz:

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.(Jo 3:16) O amor de fato é doado.

Quando se ama verdadeiramente queremos estar próximos com a pessoa amada, conversando e compartilhando os sentimentos, os sonhos e tendo a esperança de que esse relacionamento dê certo. Mas como é triste saber que muitas pessoas quem dizem amar a Deus não passam um tempo considerável em oração e leitura de Sua palavra. Como é lamentável ver que a maioria que professa ser discípulo de Cristo, passa mais tempo vendo tv e internet do que conversando com Deus. É por isso que o relacionamento de muitos cristãos com o Senhor são superficiais, como o de muito casais dessa geração. Todo relacionamento deve se basear em diálogo, porém acaba sendo um monólogo, porque nem todo crente quer pagar o preço de falar com Deus e de ouvir a Sua voz. Muitos são os que querem ser ouvidos por Deus,de receber as sua bençãos, mas poucos querem ouvir o que Deus tem a dizer, mesmo que isso lhe custe a renuncia de carregar a cruz.

Jesus mesmo disse:

E qualquer que não levar a sua cruz, e não vier após mim, não pode ser meu discípulo. Lucas 14-27

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s