Esperar em Deus parte 3 -(A fé de Abraão)


Esperei com paciência pelo Senhor, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor.(Sl 40:1)

Como já foi dito no estudo anterir, quando O Senhor faz uma promessa a alguém é necessário que esse alguém saiba esperar o tempo oportuno, o tempo determinado. Quando o senhor fez a promessa a Abraão de ter um filho uma das primeiras palavras que o anjo anunciou foi :

“Certamente tornanrei a ti, por este tempo de vida”(Gn 18:10).

Neste mesmo capítulo 18 só que no versículo 14 ele diz: “haveria coisa difícil ao Senhor”? Ao tempo determinado tornarei a ti por este tempo de vida e Sara teraá um filho(Gn 18:14).

Em outra versão diz que este tempo determinado significava um ano. (Biblia Revista e Atualizada).

No caso de Abraão o cumprimento tempo desta determinada promessa foi de um ano , mas sabemos que a promessa que Ele seria pai de muitas nações foi dada bem bem antes disso. (Gn 12:2;Rm 4:17). Dizem alguns estudiosos que foi mais ou menos 25 anos entre ele sair de sua terra para o cumprimento do nascimento de Isaque (Gn 17:1; 15-16).
Porém o que devemos nos deter não é o tempo desta promessa, mas o quanto esperou para que ela acontecesse.
Abraão teve muitas de suas promessas cumpridas como por exemplo o de ser prospero. Diz a palavra de Deus que sua fazenda era muito grande(Gn 12:6).
Mas a maior promessa dada a Abraão não havia se cumprido, que era que sua descendência sairia o herdeiro. Abraão chegou a pensar que o herdeiro seria Eliezer, o damasceno,mas o Senhor bem enfático dizendo “Aquele que de ti será gerado, será o teu herdeiro(Gn 15:4).
Vemos que até aqui havia certa dúvida quanta a promessa na sua vida. Mas disse a palavra de Deus que o Senhor “o levou para fora” e disse: “Olha para o céu e conta as estrelas, se é que o podes: Será assim a tua posteridade(Gn 15:5)

Diz a palavra de Deus que ele creu no Senhor e isso lhe foi imputado por justiça (Gn 15:6)

Tudo isso parece bonito, pois tudo até esse momento nada acontece no caminho da promessa de Abrrão. Mas diz a palavra de Deus que logo em seguida, entre os seus 86 anos , Abraão e Sara se precipitaram em querer ajudar Deus na promessa e o pai da fé acabou tendo com Agar(a escrava egípcia)o menino Ismael. (Gn 16)

Foi passados 13 anos do nascimento de Ismael é que Abraão teve a promessa de Isaque.

Ok, Abraão creu, mas sabemos que entre a promessa feita e ela concretizada existiu um tempo de espera.

Vemos que Abraão já sabia da promessa e naquele momento soube que viria realmente dele, embora estivesse em avançada idade.
Isso quer dizer que ele sabia “O QUE” e “COMO” viria a promessa, mas até “AQUELE MOMENTO” ele não sabia “QUANDO” ela se realizaria.
E é esse “QUANDO” que angustia muitas pessoas. Agora imagine você ter que esperar uma promessa, quando ela lhe parece impossível.

É por isso que a palavra de Deus diz que Abraão “esperando contra a esperança” CREU (Rm 4:18).
Em outra versão diz : “O qual em ESPERANÇA CREU contra a esperança que seria feito pai de muitas nações conforme o que lhe fora dito(Rm 4:18 RC). Abrrão creu contra a impossibilidade, contra o improvável e contra a incredulidade.

Creu contra a impossibilidade porque conforme as Escrituras dizem, seu corpo estava amortecido pela idade avançada, bem como, o ventre de Sara, sua mulher. Mesmo assim não enfraqueceu sua fé (Rm 4:19).

Creu contra o improvável, pois até aquele momento tudo levava a crer que a promessa não ia se realizar.
Mas foi ai que entrou a fé de Abraão pois a palavra de Deus diz que Fé é a CERTEZA das coisas que se esperam e PROVA das que não se vêem (Hb 11:1). Abraão “COLOCOU EM PROVA” sua FÉ naquilo que era IMPROVÁVEL,ou seja, naquilo que não havia probabilidade, nem evidência para acontecer.

Creu contra a incredulidade pois mesmo diante da “incredulidade” de Sara sua esposa, não duvidou da promessa de Deus, se fortificou na Fé, dando Glória a Deus(Rm 4:20).

Diz as Sagradas Escrituras que Abraão estava plenamente convicto de que Deus era poderoso para cumprir o que prometera.(Rm 4:21).

Isso quer dizer que não foi por aquilo que ele fez que foi justificado, mas por sua FÉ, sua CERTEZA naquilo que esperava e CONVICÇÃO naquilo que não se via.

Abraão apenas seguiu em obediência em Deus.

Esperar em Deus é isso, é seguir ao Senhor em obediência, sem saber quando e aonde essa promessa irá se concretizar, mas tendo a plena certeza que ela vai se realizar. É sair do comodismo de sua terra e ir para uma terra desconhecida. Não é fácio acreditar na promessa um filho, tendo o corpo adormecido. Também não é fácil sacrificar esse único em holocausto, não negando a Deus, mas provando sua fé, pela obediência.(Gn 22:1-18).

Vemos que Abraão saiu e agiu em obediência, mas soube esperar em Deus, pois CREU que aquele que fez a promessa também é galardoador daqueles que o buscam (Hb 11:6)

Esperar o tempo de Deus quando tudo vai vem é normal,mas quando tudo vai mal,só para quem tem um espírito excelente e fé sobrenatural

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Esperar em Deus parte 3 -(A fé de Abraão)

  1. rosana disse:

    ola querido…que texto lindo viu…assim como sara eu espero ansiosa pelo meu filho…creio e tenho fé pra isso mesmo que a tristeza venha me abater as vezes…ore por mim…bjs fik na paz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s