Desvendando a palavra de Deus


Desvendando a palavra de Deus

Desvenda os meus olhos para que eu contemple as maravilhas da tua lei (Sl 119:18)

Segundo o dicionário desvendar significa destapar, tirar a venda, se revelar. Essa palavra vem do original “galah” que significa tirar o véu, abrir os olhos, descobrir , ou seja , revelar-se.

Amados, creio que não existe nada mais incômodo para uma pessoa do que não conseguir enxergar perfeitamente.
Quando tinha mais ou menos meus 13-14 anos me deparei com um problema que se chama miopia. Naquela época, sem saber que possuía um problema crônico de visão, comecei a notar que tudo que a professora escrevia eu não compreendia. Foram tantas vezes que não conseguia enxergar que perguntava ao meu colega de classe dizendo: “Meu amigo pode me repetir o que está escrito”! E isso foi 1,2, 3,… e assim foram muitas vezes.
Até que um dia meu colega já com tolerância zero e sem muita paciência me alertou dizendo:

Meu amigo, na boa, não seria melhor você consultar um doutor para ver essa tua visão?

Pois é, com esse pequeno relato pessoal , exemplifico o que também acontece com muitas pessoas no que se refere ao conhecimento de Deus e da Sua palavra.
Muitas pessoas, como no meu relato, tem uma visão embaçada do que “está escrito”, ou seja, da palavra de Deus.
O salmista teve essa percepção espiritual quando pediu ao Senhor para “abrir” seus olhos ante a palavra de Deus.

A Bíblia diz que o inimigo, o diabo, cegou o entendimento dos incrédulos para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus (2 Cor 4:4). O inimigo cegou o entendimento deles para que eles não vejam e não seja salvos.
A raiz de a palavra cegar ou cegueira vem do or7
iginal tufo que significa algo esfumaçado, enuviado e embaçado.

Na verdade o inimigo obscureceu a mente (intelecto) com sofismas e fortalezas espirituais que acabam aprisionando a mente do homem ao inimigo. Esses sofismas começaram no Éden quando Satanás incitou o ser humano a pecar. (Gn 3:4).
Mas elas continuam HOJE com as vãs filosofias, com as religiões pagãs e também através de conceitos humanistas da presente geração que não colocam Deus no centro de tudo.
Essas astutas ciladas ou sutis enganos são lançados na mente daquele que não tem Deus, pelo inimigo como uma verdade absoluta. Devemos então se defender de tais mentiras através da armadura espiritual de Deus(Ef 6:11).
Outra coisa que cega o nosso entendimento de Deus é nossos pecados e nosso orgulho em justifica-los como algo natural. Quando era descrente achava que as minhas boas ações justificavam os meus pecados. Minha visão era distorcida do propósito de Deus.
Como diz a palavra de Deus : Todos os caminhos do homem são limpos aos seus olhos, mas o Senhor pesa o espirito .(Pv 16:2).
Aliás , a própria religiosidade contribui para que as pessoas acreditem que são limpas aos seus próprios olhos . A religiosidade muitas vezes cega a nossa visão.
O apóstolo Paulo era cego pela sua religiosidade. Saulo como era chamado antes de conhecer a Cristo era um perseguidor ferrenho dos cristãos . Por seu zelo a fé judaica acabou consentindo com a morte de Estevão (At 7:58). Mas quando as escamas espirituais dele foram tiradas em decorrência a uma “cegueira divina” pode então sair da religiosidade aparente para ter uma real experiência com Deus. Só assim pode ter uma nova visão de Deus e da Sua palavra. (At 9:1-18)
Na verdade essa religiosidade sem visão de Deus não atingia apenas Paulo, mas era característica do povo de Israel. Pois assim diz a palavra de Deus:
“Tu vês muitas coisas, mas não as guardas, ainda que tenha ouvidos abertos, nada ouve(Is 42:20).
Tanto não enxergavam que o livro de Marcos relata que por se recusar a “enxergar O caminho” e “ouvir a verdade” o povo escolhido , o Senhor fez com que eles vendo, vejam e não percebam, e ouvindo, ouçam e não entendam. (Mc 4:12).
Foi por isso que Jesus disse que os religiosos escribas e fariseus eram cegos guiando outros cegos (Mt 15:14). Aqueles grupos religiosos pregavam a lei, mas a invalidavam por sua tradição humana.(Mc 7:8-9).
Muitas pessoas , inclusive muitos religiosos cristãos, são como Israel, vê muitas coisas, mas não observam, ainda que tenha ouvidos abertos não ouvem porque não possuem uma visão espiritual de si mesmas. Aquele que tem o Espírito Santo de Deus consegue ter a luz da revelação e dos mistérios de Deus. Esses mistérios são revelados apenas aos verdadeiros discípulos de Cristo (Mc 4:11). Aquele que é de Deus compreende os seus mistérios.
Por isso devemos ser praticantes da palavra de Deus e não meros ouvintes, como aquele homem que contempla seu rosto no espelho, mais saindo dali, logo se esquecem de como era sua aparência (Tg 1:22-25). A cegueira da religiosidade faz com que as pessoas esqueçam-se de como são espiritualmente. Quem não reconhece sua condição espiritual permanece no pecado, mas quem reconhece alcança misericórdia (Jo 9:41; Sl 32:5,Pv 28:13).
A igreja de Laodicéia achava que tinha tudo, mas Deus recomendou que ungisse seus olhos com colírio para que enxergasse sua situação espiritual (Ap 3:18).
Como o cego de Betsaida, precisamos deixar ser tocados por Deus em nossa visão para que possamos ver claramente e distinguir tudo de modo perfeito(Mc 8:25).
Jesus veio dar vista aos cegos espirituais, para que estes O vejam como Ele é e contemplam as suas obras e as maravilhas da sua lei. Ele veio abrir os olhos e revelar os seus mistérios e segredos a todos aqueles que o temem e o amam (Sl 25:14). Ele veio dar entendimento e compreensão da Sua palavra pelo Espírito a todo aquele que o busca. Ele veio dar uma nova visão e renovar nosso entendimento, ou seja, uma mudança de mente(gr metanóia)para que saibamos qual é a sua boa, perfeita e agradável vontade para nossas vidas (Rm 12:2).
Devemos, portanto, pedir a Deus que enxerguemos nossa vida espiritual como ela é e não como nós a enxergamos. Também devemos pedir ao Espírito Santo que venha a desvendar os mistérios de Deus e da Sua palavra em nossa vida, para que venhamos a saber a Sua vontade. E poder declarar ao Senhor como Jó: Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem (Jó 42:5).

E disse-lhes Jesus: Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não vêem vejam e os que não vêem sejam cegos (Jo 9:39).

Então, se abrirão os olhos dos cegos e se desimpedirão os ouvidos dos surdos(Is 35:5).

Eu sou a luz do mundo, quem me segue na andará em trevas, pelo contrário, terá a luz da vida(Jo 8:12).

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Desvendando a palavra de Deus

  1. Fernanda disse:

    Benção de Deus estas palavras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s