Enchendo as taças de ouro de Deus (parte 1)


“E quando tomou o livro, os quatro seres viventes e os vinte quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos” (Ap 5:8).

Vivemos na nos últimos dias, na geração que vive a mil por hora, numa velocidade frenética e assustadora. Vivemos na geração da informação em tempo real, mas num mundo a cada dia mais virtual. Muitas coisas tem se multiplicado em nosso tempo, como a ciência, mas proporcionalmente também a iniquidade tem aumentado de uma forma tremenda.

No AT, o livro de Daniel diz que nos últimos dias a ciência se multiplicaria e temos visto muito disso. (Dn 12:4).
No NT, Paulo disse a Timóteo que viriam tempos difíceis, onde haveriam amantes de si mesmos(EGOÍSTAS) avarentos (GANANCIOSOS), jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes e etc.. (2 Tm 3;1).

Em decorrência disso, temos visto crescer na sociedade uma geração que ” não tem tempo a perder”. E na Igreja do Senhor isso também não é diferente, pois o que temos visto são muitos jovens e adultos que estão mais vinculados na igreja por vínculos de amizade e conveniência do que uma comunhão fraternal e sincera. E nessa geração temos visto cristãos jovens e adultos que passam mais tempo na internet, do que a buscar Deus. Jovens que não oram, pois sempre estão envolvidos em algo mais “urgente”. Aliás, o próprio legalismo e ativismo religioso, de fazer a obra de Deus de qualquer jeito, sem oração e um critério bíblico nas escolhas dos próprios obreiros, acabam contribuindo para que as pessoas busquem menos a Deus e mais a si mesmo.

Aliás, tanto Daniel, quanto Paulo, eram homens de oração, com intimidade com Deus e tais revelações só foram possíveis porque ambos passavam tempo orando e perseverando em oração. E não somente oravam e perseveravam, mas possuíam amigos de oração e incentivavam outros a orarem. (Dn 2:17-18;1 Tm 2:1).
Nada que faziam, faziam por si, mas porque oravam e perseveravam a esse respeito buscando em Deus a resposta:

Como diz a palavra de Deus:
Perseverai na oração, vigiando com ações de graças. Suplicai, ao mesmo tempo, também por nós, para que Deus abra a porta à palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo, pelo qual também estou algemado, para que eu o manifeste como devo fazer(Cl 4:2-4).

Por esta razão, também nós, desde o dia em o ouvimos, não cessamos de orar por vós e pedir que transbordeis do pleno conhecimento de sua vontade, em toda sabedoria e entendimento espiritual (Cl 1:9)

Mas infelizmente, tenho visto as escolhas sendo feitas na Igreja do Senhor por conveniência e predileção do que por jejum e oração. O tempo de oração tem sido substituído por meras reuniões de departamentos para decidir o futuro do que muitos consideram a “igreja de Deus”. Na verdade, o que muitos chamam de igreja do Senhor, não passam de meros grupos sociais religiosos que “nada a tem a ver” com a noiva de Cristo, a Igreja do Senhor.

E quem pode HOJE, nos tempos atuais, passar horas em oração e jejum, se segundo alguns sistemas religiosos muitos podem fazer a obra sem precisar orar.
Muitas vezes o entendimento que muitos tem de oração são o que aprenderam em grupos religiosos que frequentaram se resumindo ao templo em curtas orações. Isso não quer dizer que “longas orações” seja sinal de espiritualidade, pois os fariseus assim o faziam. (Mt 23:14).

Mas o que digo se refere a uma oração perseverante que possa fazer transbordar as taças de ouro de Deus. O livro de apocalipse diz que existem taças de ouro cheias das orações dos santos. Creio que em muitas dessas taças há esperança, há fé, tem pedidos de bênçãos ,pedidos de justiça e etc… Creio que muitas estão cheias , mas não foram atiradas ainda, pela desistência, incredulidade e falta de fé de muitos crentes. Elas estão cheias, mas não estão prontas a serem atiradas em formato de bênçãos porque muitas vezes esquecemos de perseverar, insistir e esperar.

Este incenso, misturado com as orações dos santos sobe do altar e chega até Ele Do altar é colocado no fogo e atirado sobre a terra, quer como benção ou juízo de Deus(Ap 8:4).

Se você quer obter vitória em sua vida, seja uma pessoa perseverante em oração. Busque orar sem cessar , sem esmorecer e desistir. O Senhor não se agrada daqueles que retrocedem, mas busca pessoas que queiram ter uma intimidade profunda com Ele. Deus quer revelar muitos dos seus mistérios. Mas isso são para aqueles que vão até o fim.

Como diz a palavra de Deus:

A intimidade do Senhor é para aqueles que o temem , pelo qual fara conhecer a sua aliança (Sl 25:14)

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s