O perigo da bajulação (parte 1)


O perigo da bajulação

Socorro, Senhor! Porque já não há homens piedosos, desaparecem os fiéis entre os filhos dos homens, falam com falsidade uns aos outros. Falam com lábios bajuladores e coração fingido. Corte o Senhor todos os lábios bajuladores, a língua que fala soberbamente (Sl 12:1-3).

Por muito tempo o Senhor tem colocado em meu coração para compartilhar com os irmãos e amigos sobre este tema: a bajulação.
Estive por um bom protelando em falar sobre isso, mas toda vez que abria as Escrituras Sagradas o Senhor ministrava comigo algo sobre isso, ressaltando versículos e me mostrando o que tem ocorrido tanto na sociedade como na Sua Igreja.

Segundo o dicionário bajular significa lisonjear, adular servilmente ou elogiar com interesse. Bajulação é aquilo que louva e exagera os méritos de alguém com fins interesseiros. Aquele que bajula é adulador e lisonjeador, conhecido também como puxa-saco.

Como foi outrora nos tempos antigo a bajulação hoje, tem tomado espaço na sociedade em que vivemos devido a superficialidade das relações humanas, o egocentrismo e a hipocrisia de muitos que vivem numa vida de falsidade.
Vivemos num mundo egoísta e corrupto onde o que importa é tudo aquilo que traz vantagem para si.
Vivemos numa sociedade onde o que predomina é a lei de Gerson, onde o importante é levar vantagem tudo, certo !
Errado !
Maquiavel diz que o fim justifica os meios e são muitos que acreditam nessa teoria.
Mas no caso da bajulação é algo que Deus não se agrada. O Senhor se agrada de um coração sincero , pois ao homem sincero , Ele mostrará sinceridade e o futuro desse será de paz (Sl 18:25 ;37:37).

Porém esta sinceridade deve ser algo benéfico e proveitoso para o outro. Existem pessoas que são tão sinceras no falar que acabam exagerando. Se não for para o bem esta sinceridade torna-se nociva, sendo o que muitos chamam de sincericídio, ou seja, o suicídio moral pela sinceridade exacerbada. Em ambos os casos, tanto na bajulação, quanto no exagero de sinceridade o desequilíbrio no temperamento se torna evidente. Eu não preciso dizer o que não penso para receber algo (bajulação), nem falar o que penso só para me mostrar autêntico e “super sincero”. A franqueza no momento errado é tão prejudicial quanto a bajulação. Devemos aprender a falar no tempo certo e com sinceridade.

Pois assim diz a palavra de Deus:

Como cidade derribada que não tem muros, assim é homem que não tem domínio próprio(Pv 25:28)

Como maças de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo(Pv 25:11)

Na bajulação não há verdade, seu objetivo é interesseiro, não é algo autêntico e propaga a falsidade. A bajulação ocorre em todos as áreas da nossa vida como no nosso trabalho, na faculdade e até mesmo na igreja. . Na sociedade vemos muitos usando da bajulação para crescer profissionalmente. E na igreja para dar e receber a glória humana. A bajulação é algo nocivo em qualquer lugar, pois desde os tempos se antigos muitos se utilizam dessa prática. No Brasil Império por exemplo o ato de beijar a mão de autoridades reais e eclesiática era um prática.

E hoje, isso não é diferente, pois, como dizia certa marchinha carnavalesca.

” O cordão dos puxa-sacos cada vez aumenta mais..”

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para O perigo da bajulação (parte 1)

  1. Pingback: Nunca deixe calar a sua voz profética (parte 1) |

  2. Pingback: Nunca deixe calar a sua voz profética (parte 1) | Casa de Oração de Itabuna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s