A altivez e o altruísmo no cristianismo moderno (parte 1)


Porque o dia do Senhor dos Exércitos será contra todo soberbo e altivo, e contra todo o que se exalta, para que seja abatido (Is 2:12)

Amai-vos cordialmente uns aos outros, com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros (Rm 12:10)

Altivez – Quem é altivo, elevado, arrogante, orgulhoso e presunçoso
Altruísmo – Sentimento de quem põe o interesse alheio acima do próprio

Muitas vezes acreditamos que a altivez e o altruísmo são meros sentimentos humanos que nada influenciam em nossas vidas. Mas o que vemos é que ambos possuem um significado especial no que se refere ao Reino de Deus.

Embora a altivez, seja uma caraterística negativa para uma pessoa, mas por exemplo, para o mundo acaba sendo muitas vezes como um fator positivo e a principal característica de um líder. Parece que o pré-requisito para uma boa liderança é a altivez. Parece que quanto mais altivo neste mundo caído, melhor liderança será. É claro que não podemos confundir altivez com uma firme confiança.

A altivez é o sentimento elevado de independência e orgulho de um indivíduo em si. Já a firme confiança que é a FÉ, nos torna dependente do Senhor e se torna algo benéfico e indispensável para todo cristão. Por isso não podemos confundir a altivez com fé. Porque ambas trabalham em sentidos invertidos, uma para glorificar o homem e outra para glorificar a Deus.

Como podemos entender no mundo como de hoje alguém se dedicando ao outro sem pensar em si mesmo ?
Muitos me respodenderiam que isto seria perda de tempo e tolice.
Até porque o altruísmo é tido no mundo de hoje como ponto fraco e tolice para muitas pessoas.

Porém o altruísmo nos leva a obediência de Cristo, a um serviço de excelência conforme os mandamentos do Pai . O altruísmo nos leva a uma vida de subserviência, ou seja, de serviço e dedicação as ordens do Pai.

Enquanto o altruísmo nos leva a obediência e mais perto de Deus, em Cristo, a altivez nos leva ao afastamento e a insubordinação a Deus.

Como já foi dito, hoje os valores de Deus têm sido deturpados em nossa geração e na igreja do Senhor isso não é diferente. Parece que para muitas pessoas quanto mais altivo é o “homem de Deus”, mais “cheio da unção” ele está. Na verdade muito desses que se intitulam profetas e homens de Deus estão mais “cheios de si” do que cheios de Deus. Em alguns lugares o verdadeiro servo não é aquele que serve, mas aquele que é servido. Muitos esquecem que Deus não chama alguém para que venha a ser servido, mas que venha a servir.

Mas por não entenderem a mensagem original de Cristo e buscarem seus próprios interesses os líderes são tão altivos que mais parecem os Césares romanos e mais se assemelham as características do príncipe deste mundo que nada tem de Deus (Jo 14:30). Aliás foi a altivez de Satanás que fez a sua queda (Is 14:13;Ez 28:15-17).

Confirmando assim o que diz as Escrituras:

A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.”(Pv 16:18).

Muitos dos líderes altivos e soberbos desta geração esquecem deste provérbio. Por isso creio que não se arrependerem das suas atitudes altivas a tempo nesta terra, sofreram de uma “queda” muito maior quando estiverem diante de Deus(Is 2:11-12).

Diz a palavra que Ele resiste aos soberbos. (1 Pe 5:5;Tg 4:6)

Jesus disse que não veio ser servido, mas servir(Mt 20:28).

O altruísmo do Messias foi tanto que diz a palavra de Deus:
Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a sua vida pelos amigos (Jo 15:13).

Dar a vida foi o maior exemplo de altruísmo de Jesus. É por isso que com propriedade ele disse que é melhor dar do que receber. (At 20:35).

Mas hoje,neste cristianismo moderno e egoísta as perguntas que ficam são:

Quem poderá se habilitar a seguir o maior exemplo de altruísmo que foi de Cristo ?
E quem obedecerá a Deus e buscará ser servo dos outros ?

Quem está disposto hoje a “lavar os pés” uns dos outros? (Jo 3:5-15)

Que Deus levante no meio dessa geração, homens e mulheres altruístas que tenha paixão por almas e queiram cuidar das almas e que acima de tudo queiram servir do que ser servido.

Pois assim diz o Senhor:

Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.
Na verdade, na verdade vos digo que não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou. (Jo 13:15-16)

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos, Estudos Bíblicos e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s