Mansidão – A virtude do verdadeiro cristão (parte 1)


Imagem

“Bem aventurados os mansos, porque herdarão a terra” (Mt 5:5)

Uma das características mais importantes de um verdadeiro cristão e servo de Deus é a mansidão.  Mansidão é a virtude irrefutável de um homem de Deus. A própria palavra de Deus atesta isso dizendo:

E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor;

Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade, tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que à vontade dele estão presos. (2 Tm 2:24-26).

E nos tempos que estamos vivendo essa é uma das virtudes mais raras e infelizmente uma das mais negligenciadas por aqueles que se dizem “cristãos”.

E tal raridade se deve ao fato que muitas pessoas que se auto denominam “vasos usados por Deus” “raramente” são ensinados a buscar essa virtude para sua vida cristã.

Mansidão significa a qualidade daquele que é manso, que tem uma índole pacífica, tranquila e serena. É a virtude daqueles que se dobram, que se submetem a Deus. É aquela pessoa de temperamento fácil, suave e tranquila . Mansidão significa o espírito de alguém que tem controle e domínio sobre seu temperamento e atitudes. É aquela pessoa que não é afobada ,nem precipitada, mas calma e paciente.

A origem da palavra manso no original hebraico é ãnãw que também significa humilde. O significado de manso refere-se a pessoa desprovida de bens, que mesmo não tendo muito conhecimento vive com simplicidade. No original, manso, significa aquela pessoa pobre, ignorante e simples, mas também as virtudes de humildade, ternura e brandura. As pessoas mansas possuem como característica principal um comportamento brando e terno.   Um dos grandes exemplos de mansidão encontramos na vida de Moisés. Assim diz a palavra do Senhor diz:

“E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra.”(Nm 12:3)

Moisés era um homem manso conforme as Escrituras, mas isso não quer dizer que a vida de uma pessoa cuja característica é a mansidão será em todo tempo. Houve momentos na vida de Moisés que sua mansidão foi testada através das circunstâncias que os cercava.

Em certo momento, na sua fase adulta, ao ver um hebreu sendo duramente afligido e espancado por um egípcio,  Moisés se pôs a intervir e acabou matando o tal egípcio e o enterrando na areia(Ex 2:11-12)

Muitos poderiam me perguntar:

Como Moisés que matou um egípcio pode ser considerado um homem manso ?

Temos que entender o seguinte, o fato de uma pessoa ser mansa,  não significa que ela seja uma pessoa insensível. Toda pessoa mansa pode ter momentos de ira ou revolta, mas isso será esporádico e não constante.   Temos que entender que assim como Moisés. também temos uma natureza humana sujeita a pecar.  É  claro que este fato, este homicídio foi uma marca negativa na vida de Moisés, a ponto dele fugir.(Ex 2:15). Poderíamos citar também o momento de ira quando Ele quebrou as tábuas da Lei, queimou o bezerro e também quando  feriu a rocha por 2 x (Ex 32:19-20; Nm 20:11-12).  Aliás, este último, o de ter ferido a rocha por 2 vezes custou caro para Moisés, pois fez que ele não pudesse entrar naquela terra.

Foram fatos isolados, que tiveram sua consequências,é claro, mas que em nada desmerece a vida de mansidão de Moisés. Houve depois outras coisas que poderiam suscitar a ira de Moisés, mas a sua reação foi bem diferente.

Certa vez, houve revolta e murmuração de muitas pessoas contra a autoridade de Moisés. Diz as Escrituras que muitos israelitas murmuravam contra Moisés, mas acima de tudo, murmuravam contra Deus, pois desejavam se alimentar da carne e das comidas dos egípcios(Nm 11:4).

Outra murmuração veio de seus parentes Arão e Miriã que murmuravam contra Moisés pelo fato dele ter tomado uma mulher cuxita. (Nm 12:1). Na verdade não foi fácil para Moisés suportar tamanha afronta contra si e contra a autoridade de Deus em sua vida.  O salmos 106 conta este fato. Diz as Escrituras:

Antes murmuraram nas suas tendas, e não deram ouvidos à voz do Senhor.(Salmos 106:25)

Diz as Escrituras que Moisés chegou a queixar-se ao Senhor e achar pesado o seu cargo, pedindo inclusive sua morte (Nm 11:10-15). Mas Moisés era um homem espiritual e soube passar por todas aflições e afrontas com mansidão e paciência.

Creio que se fosse como alguns de nossos “irmãos” teria mandado consumir a todos, ou como alguns irmãos pouco “espirituais” poderiam dizer: “Queima eles, Jeová ! ; Queima eles, Jesus !

Mas a atitude de Moisés seguiu a sua virtude. E em ambos os casos, ele intercedeu pelos seus acusadores, não deixando que nada lhes acontecesse(Nm 11:2; Nm 12:11-15). Vemos que as acusações contra Moisés era, infundadas, pois as motivações eram egoístas. Israel não conseguiu enxergar para frente, mas para atrás. Não lembrará da escravidão que passaram, mas olharam para as dificuldades. Eles reclamavam da comida, digamos, vegetariana, do Senhor no deserto, preferindo digamos ao velho “churrasco do Egito”.  Mesmo assim , no final o Senhor os satisfez com codornizes. Eles se rebelaram e se insurgiram contra a liderança  estabelecida por Deus, peregrinando com inveja e ganância. Mesmo assim, Moisés , com espírito de mansidão ainda poupou os filhos de Corá.

Enfim,aquele povo estava cheio das  obras da carne, mas pela misericórdia de Deus e mansidão do ser servo Moisés. muitos foram poupados.

Por isso aprendemos algumas lições com a mansidão de Moisés e pela palavra de Deus:

1) Que não devemos ser infames ou contenciosos, mas viver em mansidão

Que a ninguém infamem, nem sejam contenciosos, mas modestos, mostrando toda a mansidão para com todos os homens. Tito 3:2

2)Que devemos nos portar como eleitos de Deus com mansidão ,humildade, longanimidade e amor.

Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; Colossenses 3:12

 Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, Efésios 4:2

3)Que devemos ter espírito de mansidão em toda a repreensão

Irmãos, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado. Gálatas 6:1

4) Que devemos fugir das obras da carne e andar no Espírito (em mansidão)

Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão. 1 Timóteo 6:11

Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.
Gálatas 5:16-17

Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.  Gálatas 5:19-22

5) Que nossa resposta deve ser com mansidão

Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós, 1 Pedro 3:15

6) Que  somos sábios quando agimos com mansidão

Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria. Tiago 3:13

7) Que devemos acima de tudo “buscar a mansidão e ser manso nesta terra”.

Buscai ao Senhor, vós todos os mansos da terra, que tendes posto por obra o seu juízo; buscai a justiça, buscai a mansidão; pode ser que sejais escondidos no dia da ira do Senhor. Sofonias 2:3

Uma ação gera uma reação. Por isso, nossas atitudes terão uma recompensa.  Se quisermos viver em ira e dissensão ou em humildade e mansidão. A opção sempre será nossa, bem como as consequências como diz Paulo:

Que quereis?
Irei ter convosco com vara ou com amor e espírito de mansidão? 1 Coríntios 4:21

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Mansidão – A virtude do verdadeiro cristão (parte 1)

  1. Roberta disse:

    Muito bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s