Vivendo a humildade de uma criança – (Dia das Crianças)


crianca orando

Naquela mesma hora chegaram os discípulos ao pé de Jesus, dizendo: Quem é o maior no reino dos céus? E Jesus, chamando um menino, o pôs no meio deles,
E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus.
Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus. E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe. Mas se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar. (Mateus 18:1-6)

Quando pensamos em criança o que lembramos?

Creio que muitos diriam: inocência.  Quem sabe alguns diriam: liberdade , espontaneidade.
Outros talvez dissessem : Alegria.  Mas nessa passagem, o Senhor fala da humildade de uma criança.

De fato ser criança é isso tudo, mas a humildade de um criança denota a pureza de coração, a simplicidade
da vida e a espontaneidade sem reservas.

Segundo o dicionário Humildade é a qualidade de quem age com simplicidade, uma característica das pessoas que sabem assumir as suas responsabilidades, sem arrogância, prepotência ou soberba. Em teoria, a humildade é tida como uma qualidade bastante positiva e benéfica, onde ninguém é pior ou melhor do que os outros, estando todos no mesmo nível.   É o oposto da exaltação, da soberba e da glória própria.

Portanto, todo aquele que a si mesmo se exaltar será humilhado, e todo aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado. (Mateus 23:12)

Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória; mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse é verdadeiro, e não há nele injustiça. (João 7:18).

Humildade não é se fazer de coitadinho. querendo a atenção de tudo e todos.  Mas ser humilde é reconhecer que nada é.  Que possui fraquezas e fragilidades reconhecendo que suas debilidades naturais.

A palavra de Deus diz:

Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte(1 Pe 5.6 )

A humildade para Deus é quando descemos nossa vontade própria e elevamos a Sua vontade.
É quando fazemos morrer nossa natureza carnal , vivificamos nosso Espírito e exaltamos o Seu poder sobre nós como está escrito:

Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim.
(2 Coríntios 12:9)

Por isso precisamos ser como criança na dependência ao Aba , Ao Paizinho. Precisamos viver na dependência da paternidade. Na alegria de viver a nossa salvação todos os dias .
Entender que mesmo quando somos disciplinados, tudo vem para um fim proveitoso, pois Ele disciplina a quem ama.  E isso nos faz amados  . Isso nos torna cada dia mais filhos .
Como uma criança temos que ter a alegria em nosso ser ..mesmo nos dias maus.  A criança chora, mas logo está se deleitando novamente.  Ela sabe que tem muito o que viver , por isso se levanta.
A criança  sabe que tem muita energia, que tem muito ainda o que sonhar, o que realizar .
A criança vive o hoje.. não vive a ansiedade do amanhã.
Precisamos ser como criança na espontaneidade . Na vida da coletividade.
Na intensidade do nosso clamor ao Pai. Na intimidade de uma amizade

Como crianças devemos viver com toda a humildade e amabilidade, com grandeza de alma, suportando-vos mutuamente com amor.(Efésios 4:2) Precisamos ser criança nesses valores para entrar no Reino, mas não viver de criancices para viver nossa vida cristã, o que é bem diferente.  (1 Cor 3:1-3; Ef 4:14)

Enfim,  precisamos ser criança na essência . Como Cristo crescer na graça e na virtude de Deus.  (Lc 2:52).
Seguindo acima de tudo  seu exemplo de entrega, de amor e de humildade diante do Aba(Pai) e diante dos homens.

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s