Coração em Chamas – Vivendo a fascinação por Cristo


coracoes ardentes

E disseram um para o outro: Porventura não “ardia em nós o nosso coração” quando, pelo caminho, nos falava, e quando nos abria as Escrituras? (Lc 24:32)

… porque todo o povo estava “fascinado” pelas suas palavras. (Lc 19:47-48b).

 

Sabe, queridos, se existe algo que é necessário para que se viva uma vida cristã plena é ter o coração incendiado pela Presença de Deus.  Não se pode esperar
muita coisa, no serviço do Senhor, em  pessoas que não deixam seu coração ser “incendiado” pelo Fogo do Espírito. E quando cito isso não falo de  manifestações ou movimentos espirituais , mas algo que vem de dentro para fora, de pessoas que permitam que seu coração seja tomado pela Presença de Deus.

Certa vez disse: Dr. George W. Peters: “Deus, a igreja e o mundo estão à procura de homens com corações em chamas – corações cheios do amor de Deus; cheios de compaixão pelos almas, tanto da igreja quanto do mundo; cheios de paixão pela glória de Deus, o Evangelho de Jesus Cristo e a salvação dos perdidos”.

E também outro homem de Deus, Martin Lhoid-Jones, famoso pregador inglês disse que a pregação dever ser a teologia que procede de alguém que está em chamas.

Uma das coisas mais interessantes do ministério de Jesus nesta Terra foi o modo que Ele fascinava o povo através da Palavra a Deus.  Diz as Escrituras que muitas pessoas estavam admirados com as palavras de “graça” que saiam de seus lábios (Lucas 4:22).

Digamos que Cristo atraia as pessoas pela graça e unção que havia Nele  e isso era o que o diferenciava dos religiosos da época.  Diz as Escrituras:

Chegando à sua cidade, começou a ensinar o povo na sinagoga, de tal maneira que as pessoas se admiravam, e exclamavam: “De onde lhe vem tanta sabedoria e estes poderes para realizar milagres? (Mateus 13:54). 

Vemos que enquanto muitos ficavam tocados pela Presença de Deus na vida de Jesus, outros religiosos ficavam incomodados com a Unção que procedia Dele questionando-o de onde vinha sua procedência e poder. (Mateus 12:24; 13:55).

Essa mesma situação também acontece em nossos dias, pela religiosidade e indiferença de algumas pessoas que preferem ficar na  superficialidade da religião,  na “periferia da Presença ” e na  “margem do Caminho”. Muitos querem ficar na margem e não querem andar no bom caminho e na Vontade Deus, pois querem continuar a depender de si para tudo.

Como diz as Escrituras:

“Assim diz o SENHOR: Ponde-vos à margem no caminho e vede, perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho; andai por ele e achareis descanso para a vossa alma; mas eles dizem: Não andaremos.” Jeremias 6:16

Queridos, os discípulos no caminho de Emaús, por dependerem de si,  se encontravam perdidos, desesperançosos, e incrédulos, mas quando se depararam com Cristo, algo foi modificado na vida deles. É claro que demorou algum tempo para eles identificarem que “naquele caminho”, Cristo estava com eles. Mas quando o Senhor falava com propriedade das Escrituras, o coração daqueles discípulos ardia e queimava, sendo eles fascinados pela Sua Palavra.

Amados, a fascinação por Jesus precisa “arder no coração de cada crente”, de cada cristão. Um crente que deixa de ser fascinado pelas palavras de Cristo e deixa seu coração esfriar e endurecer por qualquer circunstância produzirá certamente uma vida de religiosidade aparente ao invés de uma intimidade profunda com Deus. Essa foi a diferença entre Cristo e os religiosos fariseus. Essa é a diferença de Cristo e a religião, entre um ser religioso e um ser espiritual. É a intimidade com o Senhor que produz unção e vida. É a intimidade com o Senhor que produzirá fascinação pela Palavra de Deus. 

O salmista Davi soube expressar isso muito bem quando disse:

Esquentou-se-me o coração dentro de mim; enquanto eu meditava se acendeu um fogo; então falei com a minha língua: (Salmos 39:3)

Davi entendia que somente o meditar na palavra de Deus acendia um fogo que o consumia por dentro a ponto de de não deixar-lo em silêncio.  Ele entendia que precisava ser
“reavivado pela Palavra”.  Muitas vezes estamos fracos, desanimados, angustiados e perdidos em nossos caminhos. As vezes a situação é tão desfavorável que o silêncio é a melhor solução ou a melhor coisa a ser feita.  Mas o silêncio na dor é algo que muitas vezes aperta , que acaba por “secar os ossos”.(Sl 39:2;32:3).  Essa sensação de morbidão e morte espiritual consome muitas pessoas devido as angústias e as aflições.  Também a monotonia, a indiferença e a frieza espiritual nos leva a nos distanciar do propósito de Deus.  É por isso que a palavra de Deus precisa estar “queimando” em nossos corações,
mas “impregnada” e escondida no nosso espírito, para que possamos afastar sentimentos que nos levam para longe de Deus e do seu propósito em nossas vidas.  Como diz o salmista:

Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti. (Salmos 119:11).

No Antgo Testamento o fogo do Altar precisava estar aceso continuamente para que o sacrifício agradável se achegasse a Deus. (Lv 6:12-13).   Da mesma forma, nossos corações precisam estar “queimando” no altar de Deus continuamente. O fogo do Espírito de Deus precisa queimar  em nosso coração para que possamos também incendiar as outras pessoas com a unção de Deus. Precisamos ser fervorosos no Espírito . como diz Romanos 12.

“Nunca lhes falte o zelo, sede fervorosos no Espírito, servindo ao Senhor.” Romanos 12:11

Esse zelo refere-se a um cuidado, dedicação e  interesse . Já fervor refere-se a algo ardente, intenso, fervente e que exala calor.

Precisamos ter essas duas virtudes em nossa vida espiritual com Cristo.  Precisamos ter fome da Palavra de Deus e fervorosos no Espírito para que muitos possam se achegar a Deus e a Sua Palavra.

Sabe, queridos, a palavra de Deus não é um livro para ser admirado , idolatrado ou intocável como sagrado, mas é para ser devorado, ou seja, devemos ter uma fome insaciável  como um alimento imprescindível para todo crente.  Quando Jesus ensinava a Palavra estava alimentando aqueles discípulos e direcionando seus caminhos .

Quando a tua Palavra foi encontrada, eu comi cada frase e as digeri em meu íntimo; elas me nutrem dia após dia, são minha satisfação e júbilo maior; porquanto teu Nome foi invocado sobre mim, isto é, pertenço a ti!  (Jeremias 15:16)

Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho.
(Salmos 119:105)

A palavra precisa estar acesa em nós para que possamos ser direcionados em nosso caminho. Mas infelizmente, somos como os discípulos no caminho de Emaús que não perceberam quando o Verbo Vivo andava com eles no caminho. Por incredulidade achamos muitas vezes que o Espírito Santo está longe e que a Presença de Deus está  muito distante de nossa vida. Mas quando deixamos que a Palavra de Deus invada nosso ser, tudo se esclarece e encontramos o verdadeiro caminho (Lucas 24:32-36) .

Amados, que possamos queimar nosso coração diante da Presença Dele, buscando sua face em intimidade,na revelação da Sua palavra e conhecendo a Sua perfeita Vontade.  Que sejamos aperfeiçoados na unidade do Corpo , aumentando nossa comunhão para que o nome do Senhor seja conhecido e engrandecido entre os homens.
Meu desejo é que o Senhor venha acender a cada dia em nós do Seu fogo , da Sua Presença, se revelando a nós em intimidade, tendo cada vez mais comunhão conosco e mostrando qual o melhor caminho a seguir.

 

 

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s