Habitando entre nós – Mensagem Natal 2016


nascimjesus1


E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.  João 1:14


 
Foi assim. O menino nasce. E de uma forma sobrenatural é gerado. Sua chegada é precedida por previsão, milagres, avisos e perseguição. E mesmo antes de nascer, Aquele que iria mudar o mundo já causava inveja (de um tirano rei), a admiração de pastores locais e adoração de sábios reis.  E somente um menino predestinado nos céus para um propósito especial, poderia tão cedo e mesmo antes de nascer , mudar a situação da pequena Belém.

Deveria estar num palácio,num castelo ou numa hospedaria real mas foi numa manjedoura simples, alugada e provisória que o Rei resolveu nascer .
A estrela do céu não indicou um palácio real, mas uma manjedoura simples e especial onde o pequeno Cristo se encontrava. Recebeu o ouro, o incenso e a mirra dos sábios.
O Ouro era o tesouro ideal para um verdadeiro Rei. O Rei dos judeus e dos gentios.  O Rei dos reis e Senhor dos senhores .  O incenso era a fragrância certa para Aquele que andou purificando os ambientes fétidos deste mundo com uma santidade inigualável.  E a mirra significava a amargura e o sofrimento de alguém que nasceria adorado, mas que morreria traspassado como disse o profeta Simeão.(Lc 2:34-35)

Mas enquanto habitou entre nós, andou fazendo o bem, curando todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com Ele. (Atos 10:38).  Habitou entre nós e sentiu as mesquinhezas do nosso coração e como o jovem rico não quis repartir o seu quinhão.(Mt 19: 16-22). Enquanto esteve conosco sentiu a incredulidade de seus irmãos (João 7:1-9). Olhou para nossa cegueira “espiritual” e se compadeceu como foi com o cego de Jericó (Mc 10:46-52).
E foi habitando entre nós, pobres mortais, leprosos pelos nossos pecados que Ele habitou, mesmo nós sendo muitas vezes ingratos como os 9 leprosos curados de Samaria e Galiléia.(Lucas 17:11-19)

A palavra de Deus diz: Ele habitou entre nós… Verdadeiramente a habitação nesta terra não era o seu lugar preferido. Mal havia nascido e já não havia lugar,para Ele,  para o Messias prometido habitar. E mesmo adulto, dizem as Escrituras, não havia lugar certo para ele  habitar:

“As raposas têm suas tocas e as aves do céu têm seus ninhos, mas o Filho do homem não tem onde repousar a cabeça”.(Mateus 8:20)

Mas antes do Messias, do Rei , do Senhor, Ele era o Verbo de Deus que habitou entre e em nós.  E mesmo sem ter um lugar fixo para morar aprouve então o  Verbo de Deus  habitar em nosso coração pelo Espírito, conforme está escrito:

O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.
João 14:17

Vós mesmos tendes demonstrado que sois uma carta de Cristo, resultante de nosso ministério, escrita não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de corações humanos! (2 Cor 3:3)

Sabe, queridos, da mesma forma que aquele menino perseguido que não tinha onde habitar, ele deseja HOJE morar em “um só lugar”, no nosso coração.
O Senhor deseja estar na nossa casa de outra forma.  O Messias deseja habitar em nós no templo do nosso coração conforme as Escrituras dizem:

O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;(Atos 17:24

Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?
(1 Coríntios 6:19)

Por isso, neste Natal, que o menino possa nascer e habitar na estrebaria do teu coração. Muitos possam dizer que não há lugar para ele, mas acima de todo lugar, o Cristo deseja habitar é no interior do teu coração.  Que nesse Natal você possa não somente se lembrar Dele,mas nascer com Ele, como uma nova criatura. Meu desejo é que você se torne parte da família Eterna, sendo um com Ele. Uma família que está espalhada em toda face da Terra, de todas nações, tribos, raças e línguas.(Ap 7:9). Que você seja parte da família de muitos filhos semelhantes a Jesus para a glória de Deus Pai.

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade, Para louvor e glória da sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado,” (Ef 1.3-6)

 

 

Anúncios

Sobre Anderson Cássio de Oliveira

Líder do ministério Missão Com Cristo, avivalista apologético, trabalha principalmente com ensino, discipulado e serviço cristão, voltados a levar a Igreja do Senhor a um avivamento genuíno (com base nas Escrituras). Administrador do blog de missões - Chamado para as Nações.
Esse post foi publicado em artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s